0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Email -- 0 Flares ×
Nesse dia íamos fazer tudo que nos faltava fazer.
Subir no mirante, conhecer os lugares que ainda não tínhamos ido, enfim um dia cheio. Mas o clima tranquilo de Providencia se apoderou da gente de tal forma que não conseguimos fazer nada exceto deixar a paz e a calmaria nos levar.
Elas não nos levaram muito longe, confesso, pois foi um dia de pequenos e lentos prazeres.
Primeiro fomos até a praia de Manzanillo, onde fica o Rolland’s bar, pois tínhamos participado de uma festa deliciosa lá na noite anterior e queríamos conhecer o lugar de dia.

A praia é super bonita, com uma faixa de areia estreita e longa. O problema é a grande quantidade de algas que tinha, não sei se é sempre assim. O Rolland’s bar ocupa um espaço grande, e é decorado com materiais reciclados, e as cores da Jamaica. O melhor reggae bar que conhecemos até hoje.
O Rolland assim como todo pessoal que atende, é muito amigável e faz de tudo para atender perfeitamente.
Passamos a manhã por ali, jogados nas redes tomando uma cervejinha e fazendo estripulias nos balanços. O pessoal do bar olhava, ria e nos trazia mais cerveja. Foi uma manhã calma e super gostosa.

 

Depois de cansarmos de fazer nada seguimos pela estrada e paramos quando achamos um lugar que gostamos. A praia dos namorados é super pequena e tinha água geladinha. Mais um tempo de preguiça. Esquecemos de fotografar lá.
Seguindo chegamos num ponto de ônibus em formato de polvo (sim, tu leste certo, um polvo enorme inclusive) e fomos ver o que tinha ali. Era a entrada de Almond Bay.
Rampa abaixo, mais uma praia linda. A rampa também é toda bonitinha, com mensagens legais escritas em inglês e eu espanhol. Dessa vez nem rolou entrar na água, foi só rede, sombra e água fresca.

 

Depois retornamos para Suroeste, a praia do nosso hotel, pois estávamos morrendo de fome e tínham nos indicado muito bem um restaurante ali do lado. Fomos comer lá e foi a melhor comida da ilha. O nome do lugar é Arturo’s place e fomos muito bem atendidos.

 

Olha que linda a cara do prato, que linda. e era uma delícia também!

E então fim.
Voltamos para o hotel, arrumamos às malas e pegamos o vôo de volta pelas 16 horas.
Cerca de meia hora depois já estávamos em San Andres novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>