5 Flares Twitter 0 Facebook 5 Pin It Share 0 Email -- 5 Flares ×

Nossa viagem de carro pelo deserto foi planejada e aumentada em alguns quilômetros para passar por Page e ir justamente nesse lugar: o Antelope Canyon.

Sabe aquelas fotos que todo mundo já viu, de corredores esculpidos por água e vento dentro das pedras/terra em 50 tons de laranjas e vermelhos? São reais. E mais,  sem filtro. Olha aí!

 

DSC09140

 

Há dois lugares diferentes para visitar: o Upper Antelope Canyon e o Lower. Antes de chegar lá eu não sabia disso. Parece que o Upper é o mais famoso e nós confirmamos que não é muito esperto esperar para comprar na hora, no lugar de reservar antecipadamente.

DSC09146

Chegamos a Page um pouco além da hora que esperávamos e fomos procurar agências. Para nosso pânico as agencias nos informavam que os próximos tours estavam lotados e só teriam lugares disponíveis à tarde. Não podíamos esperar, pois ainda tínhamos um longo caminho a percorrer para visitar o Grand Canyon à tarde, não teríamos tempo de chegar ao Grand Canyon se esperássemos. Mais desesperador impossível, tínhamos planejado muito tempo passar por ali e iríamos morrer na praia. Ou melhor, no deserto.


A última agência que nos atendeu nos disse para ir ao John Wesley Powell Museum  pois lá eles sabiam exatamente se alguma agencia ainda tinha lugares. Chegamos lá e estavam todos os passeios reservados. Então a senhora do museu, provavelmente notando nosso desespero, nos disse que podíamos ir ao Lower Antelope Canyon, o canyon menos famoso e movimentado, mas que também era muito bonito.

DSC09157
Chegamos lá e havia um grupo de chineses enorme indo para o passeio. Resolvemos esperar a próxima saída para não ter tanta gente. No final não adiantou muito, pois até chegar a hora do próximo passeio, encheu de gente de novo.

DSC09131
Além do preço, é preciso pagar uma taxa ao Navajos, que são os donos do território. Não me recordo perfeitamente, mas ficou quase 20 dólares por pessoa.
Primeiro seguimos a pé por um caminhozinho marcado com pedras no meio do deserto e chegamos à entrada do canyon: um buraco no chão.
Isso mesmo, um buraco no chão. Com escadinhas, seguro, mas é uma fenda no chão.

 

DSC09077
Após a entrada o guia vai falando sobre as formações enquanto desce mais. Como somos antissociais e não gostamos de tumulto, ficamos bem por último, fazendo tudo ao nosso tempo. Nossas fotos estavam ficando bem apagadas, como essa de fora. Mas o garoto navajo que estava nos guiando ofereceu ajuda, configurou a câmera e nos ensinou direitinho como posicionar para conseguir as melhores cores. E deu muito certo.

DSC09082

Quanto mais tu desces, mas impressionante se torna o lugar. Tu olhas para cima e não consegue acreditar que está a mais de 15 metros abaixo do nível do solo. Milhões de anos atrás a água conseguiu penetrar na rocha e desde então molda com ajuda do vento esse cenário de filme.

DSC09176

Pelas fotos que vi, o Upper Antelope Canyon parece ser maior, com corredores mais largos, e uma viagem de ida e volta pelo mesmo caminho, sendo que tu já entra na rocha no fundo das fendas. O Lower inicia no topo e depois tu vais descendo por escadas até chegar ao fundo (e no final tem que subir tudo de escadas novamente), lá segue por estreitos corredores e sai em outro lado, não retorna.

DSC09184

O lugar é realmente incrível, uma obra da natureza daquelas. O caminho serpenteia no meio daquela rocha, com padrões de cores incríveis.

É bom prestar atenção ao horário para o passeio, existe um momento ideal no dia para que a luz fique ótima para as fotos. Não nos atentamos a isso, mas o horário em que fomos, próximo das 12 horas, estava ótimo.

DSC09147

Para os amantes de fotografia há no Upper Antelope um tour específico para fotógrafos, no melhor horário do dia, e com mais tempo para as fotos. Se tens interesse, se informe e tente reservar antes.

DSC09172

 

Eu encontrei as informações neste site aqui.

 

Enfim, um dos lugares mais bonitos que já visitei, valeu cada minuto de estrada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>